sexta-feira, 11 de setembro de 2015

GALERIA DE ARTE: O HULK DE JOHN BYRNE EM HULK 314


Fala Galera! The Incredible Hulk 314 marca o inicio da curta passagem de John Byrne como escritor e desenhista do Hulk  em 1985 e 1986.

Em breve vou publicar uma série de resenhas da fase de Byrne, mas antes confira alguns painéis criados pelo referido artista que fazem parte de Incredible Hulk 314 publicado em dezembro de 1985.







Até a próxima!

6 comentários:

  1. O grande artista dos anos 80, detalhista, tinha uma narrativa excelente, desenhos belíssimos e ainda por cima ótimo escritor nessa fase em que escreveu e desenhou o Hulk estava no auge, durou pouco, porém deixou marcas!
    Me lembro que na época da Abril, eu e meus amigos discutíamos qual seria o próximo personagem em que John Byrne colocaria a mão, nas trocas de revistas as que tinham histórias com os seus desenhos eram as que valiam duas ou três revistas das outras. É impressionante como naquela época todos eram unânimes em considerar os desenhos do Byrne os melhores, na Abril sempre tinha nas correspondências ou nos recados de editores elogios ao "grande" John Byrne.
    Esse tipo de coisa já não acontece hoje em dia, pois tem vários artistas que agradam um ou outro, mas nunca a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na época fiquei feliz da vida quando a editora Abril anunciou que o Byrne seria o novo escritor e desenhista do Hulk.

      Excluir
  2. Como eu gosto dessas artes. Byrne foi o melhor em seu tempo, o mais imitado.Nos X Men foi imbatível, salvou o Wolverine, literalmente. Sua passagem pelo Hulk foi curta mas ele me impactou pela arte, pois foi a primeira vez que vi o Hulk enorme e com um visual mais realista (saindo do estilo cartunesco do grande Sal Buscema). Nunca me esqueço dos delírios do Banner na história "A Divisão", onde ele fugia do Monstro que lhe vociferava ameaças, muito sinistro.

    Uma bela homenagem a este grande artista:

    https://www.youtube.com/watch?v=L6B7FVentfk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vídeo muito bacana para um dos maiores artistas da nona arte.

      Excluir
  3. Do tempo em que os heróis partiam para a porrada, hoje em dia o que vemos? Praticamente personagens que conversam em todos os quadrinhos e quando há cenas de ação "duram" 2 quadrinhos e são ridículas, pobres sem significado e totalmente toscas. Bons tempos em que o Hulk, Homem-aranha, Demolidor, Wolverine passavam mais tempo lutando com inimigos que fazendo referências a si mesmos ou a acontecimentos externos.

    ResponderExcluir