terça-feira, 8 de maio de 2012

E HOUVE UM DIA...



Ontem dia 07/05/2012 fui assistir o filme dos Vingadores. Cheguei ao cinema uma hora antes e a sala estava lotada para a sessão das 20h e 15 min. Tive que aguardar para assistir o filme às 21h e 45min com o cinema lotado. E após duas horas e meia cheguei conclusão de que deveria escrever algumas palavras sobre a película que assisti. Não tenho a pretensão de fazer uma crítica rebuscada, mas tecer algumas considerações do que achei do filme, para essa tentativa de análise quero dividir o texto em duas partes fora conclusão. Na primeira quero falar de maneira geral sobre o filme e na segunda ser mais específico, ou seja, falar sobre o Hulk.

Vingadores é um filme muito bem construído e dirigido por Joss Whedon. Ele soube trabalhar cada um dos personagens, procurando mostrar que o foco está na equipe, que o mundo precisa dos Heróis mais Poderosos da Terra.

A intensidade das cenas e a forma com que são mostradas no filme ficaram muito bem fotografadas e isso faz muito bem para os olhos, pois dão para quem está assistindo uma visão muito bacana do todo. Por exemplo, o momento em que a instalação da SHIELD começa a desmoronar ficou muito bem retratada.

Ao pensar num filme de super-heróis, Vingadores dá para a sua audiência, ação numa medida muito boa e vários momentos engraçados, trazendo com um isso uma boa mescla entre leveza, aquele momento em que tudo está sendo preparado para a ação, e a intensidade necessária, mostrando a força, a sagacidade dos personagens nas mais diversas formas, isso evita que o filme se torne cansativo, são mais de duas horas que não dá para se cansar, o tempo passa rápido e de forma muito agradável.


A tensão entre os personagens ficou legal, justamente para que não ser aquela coisa piegas de que todo mundo iria ser amiguinho de uma hora para outra, as coisas acontecem para os aproximar, para fazê-los enxergar que somente juntos poderiam vencer, que o mundo precisava de seus poderes combinados. 


Quanto aos atores, uma vez mais Tom Hiddleston fez um Loki muito bem interpretado, mostrando ser um vilão muito sagaz, traiçoeiro, manipulador que sabia o que estava fazendo. Samuel L. Jackson foi um Nick Fury mediano, sendo algumas vezes irregular em sua interpretação. Quanto aos Heróis, Chris Hemsworth manteve o padrão mostrado no filme do Thor. Chris Evans é um Capitão América que soube assumir bem o papel de líder da equipe, Scarlet Johansson me parece ter nascido para ser Natasha Romanov Jeremy Renner, ou seja, o Gavião Arqueiro teve uma interpretação satisfatória, mas nada que encha os olhos. Robert Downey Jr é o Homem de Ferro, nasceu para isso, não dá para imaginar outro ator sendo o herói Hi-tech. 


Algumas cenas ficaram muito legais, o momento em que o aeroporta-aviões da SHIELD decola, quando Tony Stark veste a armadura despencando do prédio foi outro momento doido. O sorriso de Thanos no final do filme dá aquela sensação de que “não vejo a hora de assistir a sequência”.
Agora, falemos sobre o Hulk. Mark Ruffalo me surpreendeu, mostrou uma capacidade interpretativa excelente. A forma com que ele fica mexendo nas mãos enquanto conversa, revela que Banner é um homem que vive numa constante tensão. Um homem muito inteligente que constrói uma amizade bem interessante com Tony Stark. 


Ruffalo parece muito à vontade no papel e com isso deixa o fã do Hulk com aquela idéia de que finalmente foi encontrado o Banner ideal. Suas expressões, seus gestos deixam isso muito claro.
Quanto ao Incrível Hulk, bom, ele estava incrível, na primeira transformação a luta com Thor, o salto sobre o avião que disparava contra ele, ficaram muito bem elaborados.  Aqueles braços longos me lembraram de imediato o Hulk de Sal Buscema.


Na segunda transformação, ou seja, na parte final do filme, me perdoem todos os outros Vingadores, mas o Golias Esmeralda roubou a cena. 

O momento que ele soca a Serpente que vinha contra os Vingadores foi uma das cenas mais fantásticas do filme. E quando  Loki é surrado, bom o que dizer daquilo?  “Cara eu escolhi direito o meu personagem preferido”. Depois da luta ele chama Loki de “deus fraco” isso é um lavar da alma, pois revela que a arrogante superioridade do deus da trapaça é uma ilusão.  


A CGI ficou extraordinária, o rosto do Hulk era o do Mark Ruffalo, não dá para negar isso, seus movimentos ficaram muito maneiros e posso dizer que ele estava num padrão de realismo muito bom. 


Para concluir este texto, quero expressar a minha satisfação com o filme, mas a alegria que eu senti ao ver Mark Ruffalo sendo Bruce Banner e o Hulk sendo o mais forte que existe, é indescritível. E consideram essa parte final como um desabafo de um fã que escreve com os olhos marejados nesse momento. Foi muito bom, mas muito bom, quando eu ouvi dentro do cinema, as pessoas boquiabertas com o Hulk, amando o personagem, vendo ele como uma grande sensação no filme. Mostrando que o Hulk não deve ser menosprezado igual algumas pessoas fazem e tampouco ser visto como um personagem limitado, mas como “alguém” extraordinário que merece todo o respeito.

Uma pessoa hoje me disse que irá assistir o filme, pois um amigo disse para ele o seguinte: “Você vai gostar do filme, mas você vai gostar mais ainda do Hulk”. Concordo, quem não assistiu assista, pois você vai gostar do filme, mas eu garanto que você vai ficar impressionado com o Hulk, pois ele Esmaga e Esmaga muito.

16 comentários:

  1. Olha, no meu ver... Os Vingadores ficou PERFEITO, e o Hulk não podia ter saído melhor no filme. Até fiquei com medo que ele ficasse apagado, sem sentido, ou que o Banner fosse totalmente "esquecível", mas o Whedon fez TUDO funcionar.

    ResponderExcluir
  2. HUlk e banners foram os apices do filme.

    ResponderExcluir
  3. Acho que o filme foi muito bom mesmo! Mas não perfeito...
    :D
    Os pontos negativos do filme para mim são a primeira sequência de um Hulk louco a esmagar tudo, para no final ser um Hulk que até trabalha em equipa. Essa transição não acho que fosse bem feita.
    O Loki a disparar raios de enrgia em boa parte do filme também não foi assim muito bom... Loki serve-se essencialmente do engano, da mentira para reinar e não de músculo!
    O uniforme do Cap. America É HORRÍVEL! Será que ninguém tem olhos na cara?
    O casting para a Viúva Negra não foi perfeito. Acho que a Scarlett faz bem o papel, mas falta-lhe qualquer coisa! Havia escolhas mais acertadas para mim. Mila Jojovitch era uma delas... para mim seria a Viúva perfeita.
    Fora isto... PERFECT!
    E sim, o Hulk é dono do filme! Casting perfeito e grande actuação do Ruffalo.
    Rulou, o Hulk!
    :D

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom quanto a Viuva Negra eu prefiro a Scarlet, não curto a Mila Jojovitch.

      Já essa questão do Hulk eu penso que diz respeito a motivação, no filme de 2008 no final mais expecificamente, Banner parecia começar a controlar a transformação.

      E no caso penso que foi isso que aconteceu, pois Banner se transforma espontaneamente no Hulk e creio de que alguma forma ele tem nesse caso um pouco de controle sob o Golias Esmeralda.

      Excluir
  4. O filme é muito bom, a Viúva está demais, Scarlet vez uma das melhores heroinas do cinema, se não a melhor. o Hulk está fantástico, Mark Ruffalo é o melhor Bruce já adaptado para o cinema, A CGI foi muito bem feita, o Hulk tem ótimos momentos no filme e mostra mesmo que o maior.

    ResponderExcluir
  5. Experiência única!
    Um Hulk que dará para contarmos excelentes histórias dele, para nossos filhos até!

    União dos Hulkfans agora é forte!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo.

      E penso que o Golias Verde também ganhou novos fãs com o filme.

      Excluir
  6. pode realmente não ser perfeito ! é não é!
    mas é o melhor já feito até o momento!
    e me sinto realizado como fã ao ver vingadores!
    fica a vontade de ver o novo hulk em filme solo!
    nota 10 com louvor para OS VINGADORES!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor adpatação dos Quadrinhos para o cinema sem duvida nenhuma.

      Bome vê-lo por aqui meu bom amigo.

      Excluir
  7. Assistam esse filme, vocês vão gostar MUITO do filme, mas vocês vão gostar MUITO MAIS do HULK !!! Ele ESMAGA! E Mark Ruffalo é o Bruce Banner definitivo para mim, adorei sua resenha! Abraço amigo J.R. radiação Gama na veia!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está certo, finalmente foi encontrado o Banner ideal. Mark Ruffalo mostrou ser mais talentoso do que muita gente pensava, inclusive eu.

      Excluir
  8. Adorei o Filme.... O Hulk ficou fabuloso... E concordo sobre Ruffalo ser o Banner...

    ResponderExcluir
  9. Discordo completamente de Nuno Amado!
    o filme é perfeito sim,como fã do Hulk não tive tempo de reparar
    se o uniforme do Capitão America é horrivel.
    coitada da Milla pra chegar nos pés da Scarlett como Atriz
    a única coisa meio fraca pra mim foi q a liderança
    do Capitão foi meio artificial e um tanto quanto forçada
    agora o Hulk!!!!!!
    Meu Deus ,,,,o melhor do filme.abraços.

    ResponderExcluir
  10. Bem aqui vai minha crítica ao filme:
    Tudo perfeito, tudo muito bom, em 3D ainda, MEU DEUS! Mas cadÊ o HA?
    Pastor amigo João Roberto da Costa, há de concordar comigo, sem o lado cômico do Aranha fiquei muito triste, embora tenha gostado muito do filme, esperava vê-lo nos vingadores, afinal, ele também é um vingador!

    ResponderExcluir
  11. não existe transição de transformações no hulk: a primeira transformação foi forçada pelo plano do Thanos ( que enviou o loki com a gema da Mente "pra testes") tanto é que na cena o Banner se vê praticamente hipnotizado pelo cetro e depois perde toda a cabeça (já em controle do cetro) e aí ataca tudo; a transformação no fim é o banner controlando o hulk, que é o que vai se ver daqui pra frente.

    ResponderExcluir